3.10.07

Série "Padrão-Ouro" II

Tem piada a objecção de como o ouro não tem valor intrínseco.

Mas o papel de fotocópias (notas) tem mais , é?

O valor intrinseco de uma moeda é constituido pela sua usabilidade como meio de troca. Este está relacionado com a invariabilidade ou estabilidade do seu stock, nem de diminuição nem de aumento. É este característica que determina o (seu altíssimo) valor intrinseco de um bem monetário. Foi por esta razão que o ouro/prata foram seleccionados espontâneamente como meio de troca (também as caracteristicas fisicas de conservação e capacidade de moldar pequenas moedas, etc).

Existe outra forma de conferir valor intrínseco: Roubando o ouro préviamente detido, criminalizando a sua posse e o seu uso, passando a declarar por decreto (= sob ameaça de coerção) o uso obrigatório de pedaços de papel que de outra forma apenas teriam uso na casa de banho, e cuja quantidade é manipulada (aumentada) para permitir conceder crédito sem que seja preciso captar préviamente poupança.

Razão principal para a existência crónica de ciclos económicos. Um problema que se deve ao socialismo e o complexo bancário-estatismo (uns porque obtêm protecção e acesso a matéria prima criada do nada e outros porque conseguem financiar o deu déficit).

12 comentários:

O-Lidador disse...

"O valor intrinseco de uma moeda é constituido pela sua usabilidade como meio de troca. Este está relacionado com a invariabilidade ou estabilidade do seu stock, nem de diminuição nem de aumento"

Exacto...e isso é tão válido para o ouro, como para uma folha de tabaco, uma conchinha vermelha ou um bilhete verde.

Dólar, ouro, prata, conchinhas, tabaco, etc, não são bens cujo stock seja invariável.

Pode ser produzidos, extraídos, etc.
A questão é saber quem é que o faz.
Se um banco central com uma missão específica de controlar a massa monetária adequando-a ao crescimento, ou o Putin, o José Eduardo dos Santos e o Mbeki

CN disse...

Você ainda não percebeu.

Há séculos que a produção de ouro se mantém naturalmente estável (tendência de longo roazo) na casa dos 3% do stock.

O bem monetário tenderá a ser aquele que seja menos "variável" (e que tenha as caracteristicas fisicas adequadas ao seu uso).

E esse é o ouro.

A prata só foi usada (espontaneamente) para montantes mas pequenos porque a sua variabilidade já é muito superior ao ouro, e portanto, pouco estável.

Ninguém tem de se preocupar com quem o faz, como ninguém tem de se preocupar com quem produz sapatos.

O-Lidador disse...

[Ninguém tem de se preocupar com quem o faz, como ninguém tem de se preocupar com quem produz sapatos.]

Ah...wishfull thinking!

Acontece que os sapatos não são moeda de troca. Se fossem, quem os produzisse tinha a mina.

O mesmo com o ouro, ou outro qualquer padrão.

Bem, o cn lá sabe, mas se alguém ha-de ter a chave do cofre, se nao puder ser eu, que seja um sistema que funcione dentro de uma lógica que eu entenda.
E não me parece que a lógica do Putin, e do Mbeki seja boa para mim.

De resto entre o romantismo utópico do Ron Paul e o realismo de um verdadeiro liberal como Milton Friedman, confio mais no saber do segundo.

Acredito que o cn compreenderá a opção.
O que não faltam para aí são salvadores da pátria e vendedores da banha da cobra.
Não desfazendo, claro!

Quizzer disse...

Mas porque raio Ron Paul quer impôr a obrigatoriedade do uso do ouro e da prata? Que raio de concorrência e de liberdade é essa?

CN disse...

quizzer

Você agora quer criticar Ron Paul por este não ser anarquista?

Se a situaçao anterior era "dolar como receibo de ouro" e esta foi violentamente desfeita por Roosevelt, concede que ROn Paul possa ambicionar reverter tal violência?


PS: E diga-se que não estou certo que ele rejeite que após tal reversão possa considerar a tal liberdade monetária.

Certo é que a anarquia da liberdade monetária conduziu espontaneamente ao ouro e prata como moeda mundial.

CN disse...

"que seja um sistema que funcione dentro de uma lógica que eu entenda."

Ouça, você não deve (Espero eu) perceber patavina de euqações quanticas que regem os lasers encontrados em CD, etc. E não funciona?


Você é utópico em pensar que o sistema funciona.

A Grande Depressão foi causada pelo sistema fraccionario. E os cilcos económicos depois dele também.

Deixe lá vir a liberdade monetária e o padrão ouro vem num instante.


Uma coisa não percebo.

O que você não percebe no padrão ouro, uma vez que teria o mesmo resultado da regras de Friedman (uma coisa ridicula) de crescer a massa monetaria em 3%.

Um dificuldade para Friedman:

Até Greesnpan no Congresso (eu ouvi em directo) declarou que já não é possivel saber o que seja "massa monetária"-"moeda".

Que é com quem diz, a regra dos 3% seria sobre que agregado monetário?

O-Lidador disse...

POis, mas o Friedman ganhou um Nobel da Economia, e você, o Ron Paul.

De resto creio que o seu "raciocínio" ficou claro.

É uma fézada!

CN disse...

"De resto creio que o seu "raciocínio" ficou claro.

É uma fézada!"

Meu caro, você desconhece a Escola Austriaca donde saiu outro prémio nobel - Hayek, precisamente por causa de trabalhos sobre os maleficios do crédito por emissão monetária, na estrutura de produção e investimento, etc.

Porque o padrão-ouro funciona muito melhor do que um sistema socialista está explicado há muito, e também porque é que o actual sistema é uma autêntica desgraça.


Mas insisto, o mundo para funcionar não precisa que você o perceba. Senão, estavamos tramados.

O-Lidador disse...

Pois ó cn, se estávamos tramados ou não, só as bolas de cristal nos podem dizer.
Infelizmente não tenho nenhuma, pelo que tenho de me basear no passado e na realidade do presente.

E essa, por muitas voltas que lhe dê, é granítica:

1.A Grande Depressão ocorreu em plena vigência do padrão-ouro.

2. Jamais, em tempo algum, o sapiens viveu melhor do que agora.

3. Nunca houve um paraíso do padrão-ouro, ou seja, a vida nunca foi melhor do que agora, pelo que só com uma grande fézada se pode acreditar que no futuro é que se vai voltar às míticas glórias do ouro.

Concluindo, o cn aponta-nos um futuro glorioso baseando-se numa visão mítica da história.

Eu limito-me a dar-lhe conta de que não foi sob o padrão ouro que a humanidade atingiu o mais alto nível de riqueza e bem estar desde que o sapiens existe à face do planeta.


P.S.

Caro cn, eu compreendo que tem uma missão difícil, uma vez que se lançou na defesa das teses pueris do Ron e não pode ceder.
Ok, não pode dar o braço a torcer, mas você bem sabe, aí na viela iluminada da sua consciência, onde não se pode esconder de si próprio, que esta ideia do Ron é uma bostada sem pés nem cabeça.

CN disse...

"A Grande Depressão ocorreu em plena vigência do padrão-ouro."

A Grande Depressão porque aumentaram a massa monetária defraudando o padrão-ouro.

Foi porque passou a ser norma cometar uma fraude (só pssível peela criação do FED em 1913) que tivemos a Grande Depressão.

Vamos pôr assim a coisa

A criação do FED foi uma ou "a" causa da Grande Depressão.

Só na presença do FED é que foi possivel a expansão de crédito por expansão monetária.

Isto é, por fabricação pura e simples de recibos falsos de moedas de ouro.

De todas as propostas de Ron Paul, esta é que mais gosto e é a que teria mais efeitos profundos para o retorno a algum dos principios básicos do Liberalism Clássico e da racionalidade económica.

Quizzer disse...

CN,

eu não sei discutir continuamente dentro desses parâmetros dos topoi "agora critica por não ser anarquista" e coisas semelhantes.

Atrevo-me a dizer que, sobre este assunto, estou bastante bem informado.

1) Actas do Congresso da 2ª ou 3ª semana de Junho (terei de consultar para ver o dia certo) e encontrará a introdução ao debate de uma Bill da autoria do congressista Paul, baptizada pelo próprio com o pitoresco nome de "Honest Money Act". Poderemos discutir as virtudes e os defeitos de tal medida, embora me pareça que
a) ou discutimos questões prudenciais e aí existirá material.

b) ou discutimos questões principiais e, nesse caso, pouco existirá a discutir: um austríaco tenderá a defender a bill, um neoclássico a não gostar dela - e por razões sobejamente conhecidas

2) Declarações amiúde feitas pelo congressista durante a campanha - posso procurar no youtube - em que este enuncia, de forma clara e explícita, a sua intenção de conferir curso legal exclusivo ao outro e à prata.

CN disse...

Quizzer e restantes.

Vamos lá outra vez.

1. Dolar = ouro

2. Roosevelt nacionaliza o ouro

3. ROn Paul - reverter